Venerável Madre Maria Escolástica

escolasticaIrmã Maria Escolástica - Úrsula Rivata, primeira Madre das Pias Discípulas do Divino Mestre nasce em Guarene (CN), Itália, a 12 de julho de 1897.

Com vinte anos, Úrsula compreende que o único tesouro pelo qual vale a pena entregar a própria vida é o Senhor, declarando-Lhe o seu amor incondicional: "Senhor, só Tu, e basta!", que traduzirá no quotidiano, na fidelidade para sempre, "na alegria e na tristeza, na saúde e na doença"... O beato padre Tiago Alberione, depois da sua entrada na Família Paulista, em Alba, dando-lhe o nome de Irmã Escolástica - que significa discípula - em 1924, escolhe-a como sua colaboradora para dar vida à Congregação das Irmãs Pias Discípulas do Divino Mestre.

Uma mulher sem licenciaturas ou diplomas mas com a sabedoria de quem bebe diariamente na fonte da Eucaristia e da Palavra de Deus, dá o exemplo em tudo e emprega as suas melhores energias para formar as primeiras gerações na missão específica da Congregação comunicando com alegre entusiasmo a beleza e a fecundidade do apostolado. Madre Escolástica, com o coração aberto ao mundo inteiro e compreendendo a linguagem dos jovens, faz-se próxima com amor de apóstola a cada desejo e alegria dos homens e mulheres de todos os continentes, inclusivamente através do jornal que muitas vezes trazia debaixo do braço, para a todos apresentar na adoração Eucarística ao Mestre Divino. Sabe escutar todos, irmãos e irmãs. Vive um estilo de vida silencioso e escondido, mas sempre com o tom de "mulher de comunicação", aberta ao presente do seu tempo e construtora do futuro.

Morre em Sanfrè (CN) a 24 de março de 1987.

No dia 9 de dezembro de 2013, com a promulgação do decreto sobre as virtudes heróicas, é declarada venerável.

BIOGRAFIA

 orao